31.10.11

F****** Joke

Por mais que o assunto "crise portuguesa" já me cause naúseas, continuam a cair bombas, que me atigem, a toda a hora e não consigo calar-me... A boa nova, desta vez, refere-se ao nosso "querido", "amado" e "sempre perdoado" partido PS. Nesta segunda-feira (hoje) o Sr. Miguel Laranjeiro (membro do secretariado nacional do PS) vem manifestar a sua preocupação face a incapacidade do actual governo em dialogar com confederações sindicais e patronais e responsabilizou a parelha PSD/CDS pela actual "desconcertação social"

Citando: "Nesta altura em que o país precisava de um acordo social, o governo revela-se incapaz de ter uma visão política e económica sobre o futuro do país. As ideias que o governo tem apresentado não têm merecido uma aproximação mínima por parte dos parceiros sociais."

Sem qualquer intenção de defesa dos partidos aqui citados, nenhum deles, que moral existe nesta citação? Como pode este senhor sequer falar em "desconcertação social" ou julgar o governo hoje implantado? Como pode uma voz associada ao ex-governo ser ouvida ou levada em consideração? Pior ainda, como podem as palavras proferidas por este senhor, em nome do PS, merecerem sequer o tempo de um jornalista para as escrever, o papel ou a tinta gasta na impressão? Não é nada mais que um borrão no papel, sociedade e no mundo.
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page