24.10.11

Pão nosso de cada dia

No que toca ao plano da politica "misera" do nosso pais todos os dias há uma boa nova... cada uma mais vergonhosa do que a outra! Depois da polêmica sobre os subsídios de alojamento dos nossos queridos e adorados políticos do governo, Miguel Macedo (ministro da administração interna) abdica, publicamente, de 1400€ a cair na sua conta mensalmente, referente ao seu subsidio de alojamento, que segundo ele, tem direito.
A 29 de Setembro do presente ano, com aval positivo do senhor primeiro ministro Pedro Passos Coelho, foi "decretado" o direito a 9 ministros do governo a usufruir de subsidio de alojamento, caso não tivessem casa própria na cidade onde exercem as suas funções governativas, ora, Lisboa. Mas como tudo o que vem daquelas "comezanas" onde são analisados os despachos, é duvidoso, o texto das entrelinhas do despacho ninguém o leu. Miguel Macedo, tão mau como é (mesmo a roubar) declarou nos seus rendimentos, ao tribunal constitucional, duas moradas: Braga de onde é natural e cidade onde foi eleito, e Lisboa onde tem casa própria e reside durante a semana. E foi ai que toda a polêmica começou! Ora, se o senhor possui residencia própria em Lisboa, não tem direito ao dito subsidio. O conselho da procuradoria-geral da república já veio proclamar em defesa do Dr. Miguel, e alegou, por outras palavras, que o nosso "Miguelito" tem direito ao subsidio já que ele só reside na sua casa em Lisboa devido a sua posição governativa que é apenas ocasional e temporário em sociedades democráticas. Trocando por miúdos, como vivemos em "democracia" a qualquer momento o povo vai fartar-se desta roubalheira, o governo actual cai, ele perde o tacho e tem de fazer as malas de volta para Braga.
Mas o mais absurdo ainda não é isto. Os comentários que se fizeram a volta desta polêmica são o melhor; destaque para uma senhora, que não dá a cara, e escreve o seguinte: "estou muito satisfeita pela atitude que tomou. eu sabia que dentro do nosso partido não existem políticos desonestos, iguais ao governo cessante. agradeço o seu gesto em nome de todos os sociais democratas verdadeiros"...W***F***...=0 Primeiro ponto: não existem diferenças entre o actual governo e o governo cessante; Segundo: como pode este politico ser honesto se aceita um subsidio, o qual não tem direito...? O nosso pais, o nosso povo e o nosso governo são uma autêntica piada! Tenho dito!
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page