16.10.11

Viver em Sociedade...

Hello... Bem, não sei se esta polémica chegou a Portugal mas aqui no Brasil foi um completo reboliço... A polémica diz respeito ao actor brasileiro do "Caminho da Índias", Rodrigo Lombardi. Umas semanas atrás no programa "Danças dos Famosos" (uma espécie de Dança Comigo com famosos), no qual Lombardi era júri, ele faz um comentário relativo a um grande candidato ao título, Sammy, que para muita gente se tratou de preconceito racial. Para mim não foi nada disso, mas deixo aqui para verem com os vossos olhos:



Para mim foi um comentário inocente! Para esclarecer, e depois de conversar e ouvir muitas opiniões relativas a esta história, descobri que a história que ele conta "menino negro que virou loiro de olho azul" é vulgarmente usada neste país para mostrar "algo surpreendente". Acho que deve estar ao nível das nossas "vi-me negro para cá chegar" ou "sou preto ou quê?".
Por outro lado, temos o programa da Band TV, Brasil Urgente, ministrado por Luiz Datena, que para quem não conhece, dá cobertura aos crimes no Brasil, droga, assasinatos, violações, etc... O moralismo dele é mais ou menos este: se um menino favelado esfaqueia a professora, ele diz: "Onde andam os pais desta criança? Como ela conseguiu essa arma? Com certeza foram os pais. Os pais são uns criminosos e "tem que apodrecer na cadeia"; se é um branco que mata a professora: "Imagina o sofrimento desta criança quando mais tarde ela lembrar do que fez? E os pais desta criança? Imaginem o sofrimento ou verem um filho cometendo um erro destes?"... E a este senhor ninguém processa, nem o apontam como "o preconceito em forma de gente"., pelo contrário, é um "chefão" aqui da Band TV e é o "maior" porque desmascara os crimes do país.

Resolvi falar sobre isto porque hoje assisti a uma situação (ao vivo e a cores) no supermercado que me fez lembrar esta história.
Então... Estava na fila do caixa para pagar. Na fila ao lado estava um preto (sim PRETO, porque eu sou branca e não "de cor clara") todo bem parecido de roupinha domingueira. Passado pouco tempo (a 1min de ser atendido) põe-se na fila de espera um outro preto, com roupa e chinelo de quem só veio comprar uma cervejas para assistir ao Corinthians mais tarde, atrás dele. O homem todo janota olha para trás, de alto a baixo com ar de desprezo, e muda-se para a fila ao lado, onde JÁ estava uma mulher com um carrinho de compras para o resto do ano. ISTO SIM É PRECONCEITO... E do mais grave, já que falamos da mesma raça!

Depois de toda esta história do Lombardi, e de descobrir que o Paulistano é super preconceituoso (coisa que não sabia) passei a estar muito mais atenta a estas coisas, até para saber do que estou a falar. Coisas como preferir ir em pé num autocarro com 10 pessoas por metro quadrado do que ir sentado ao lado de um preto, ou situações como esta que assisti hoje, são comuns aqui, tão comuns que se encontram em cada esquina.
Mas se pensam que este preconceito tem só a ver com raças estão enganados. Paulistano é preconceituoso com classe social, com poder económico e até mesmo com sotaque. Não vou dizer nomes, mas conheço histórias como um aluno (não de São Paulo) na altura de fazer o seminário abre a boca para começar a despejar toda a sua sabedoria e experiência (e que não é nada pouca) e no momento em que ele começa a falar, um monte de murmúrios e risinhos soltam-se na sala, só pelo sotaque da pessoa. E estamos a falar de alguém de faculdade, onde supostamente está carregada de cultura.
Se por um lado problemas graves e sérios de preconceito evidente passam despercebidos aos olheiros da sociedade, por outro lado, criam-se situações de preconceito onde elas não existem.

Claro que não vamos generalizar, até porque isso seria preconceito, mas que esta "doença" é infecciosa é. Mas extinguível, será?

Talvez ficasse bonita aqui uma imagem a apelar a igualdade racial, mas para mim, estes movimentos só estimulam as diferenças e tentam provar que elas existem. Existem sim, mas é só uma cor, quantidade de dinheiro no bolso, ou gosto. Não diferencia a qualidade humana!
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page