29.12.11

Bruna Surfistinha - Mini-Crítica

"O Doce Veneno de Escorpião - Diário de uma garota de programa" chega hoje as salas de cinema portuguesas. A auto-biografia, conta a história de Raquel Pacheco, mais conhecida por Bruna Surfistinha. Raquel Pacheco nasceu em Sorocaba, uma cidade do interior Paulista; foi adoptada por uma família de moralidade, razão pela qual ela justifica a entrada nessa vida, ainda que a família lhe facultasse uma boa educação. Ela foge para São Paulo, e inicia a sua vida no mundo da prostituição "podre". Rapidamente ela ganha fama e ascende até as luzes da ribalta, enriquece, e se tornou uma "garota de programa" de alto nível, actuando nos bairros mais finos de São Paulo.
A sua grande fama e impacto no Brasil foi, em parte, gerada pelo seu Blog, onde ela relatava os seus programas e toda a sua rotina como prostituta numa espécie de diário de adolescente. O blog foi de tal forma impactante que chegou a atingir cerca de 10 mil visitas por mês.
Depois de algum tempo como prostituta Raquel conhece João Correa, um dos seus clientes, que abandona a sua mulher para casar com ela, cuja relação ainda dura até hoje. Depois desse casamento, Raquel Pacheco abandona a prostituição e hoje actua com escritora e DJ. No presente ano ela participou no Reality Show "A Fazenda" onde conquistou o 3 lugar.

O filme é muito interessante e bem produzido. Segundo a crítica brasileira, que conhece melhor a história de Raquel, o filme reproduz fielmente a ascensão de Bruna Surfistinha, papel desempenhado por Deborah Seco, que só por isso já merece a visualização. Eu vi o filme no ano passado (quando estreou no Brasil) e vale muito a pena.


Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page