1.2.12

Moneyball - Crítica

Depois dos últimos filmes em que Brad Pitt entrou, que apesar da qualidade (que não questiono) a certa altura se revelaram aborrecidos, como "The curious case of Benjamin Button" ou "The Tree of Life". Esperava o mesmo deste "Moneyball" (Jogada de risco) e por isso demorei algum tempo até arranjar coragem para enfrentar mais de 2h de filme. O que é certo é que o filme me surpreendeu e adorei!
Apesar das numerosas nomeações (5) aos grandes prêmios da academia, e apesar de ter gostado do filme, não acho que o filme tenha história para a corrida, e tanto que não teve, mas não deixa de se tratar duma excelente realização, por parte de Bennett Miller, nem de uma boa prestação do elenco: Brad Pitt, Jonah Hill, Philip Seymour Hoffman (que consegui um prêmio) e Robin Wright.
Este filme, baseado em factos reais, relata as aventuras de Billy Bean (Brad Pitt) no mundo do basebol e a forma como o revolucionou. Depois da gloriosa e frustante temporada da equipa de Oakland A's, e vendo todas as grandes estrelas da equipa serem levadas a preços com os quais não podiam competir, Bean (director desportivo do A's) declara um guerra contra todo o sistema financeiro-desportivo do basebol. Oakland A's era um equipa do meio da tabela, com orçamento para contratações limitado. Sem conseguir disputar o verdadeiro basebol, Bean resolve reinventar o deporto apostando nos serviços de Peter Brand (Jonah Hill) - jovem licenciado em economia e estudioso do basebol, para revolucionar a face do jogo. Assim, em vez de apostar em jogadores do estrelato com base na sua aparência física ou popularidade, Bean e Jonah desenvolvem um sistema complexo de gráficos e estatísticas e contratam uma equipa de jogadores disciplinados e trabalhadores, onde o raciocínio e a lógica imperam arriscando-se, assim, a perder o seu emprego e ganhar uma infinidade de inimigos dos grandes clubes.
Fugindo aos clichés dos filmes desportivos, Bennet Miller presenteia-nos com um excelente filme, com uma excelente critica até porque em qualquer desporto, hoje em dia, verificamos o dinheiro a imperar em que milionários resolvem investir numa equipa comprando jogadores a preços exorbitantes, com os quais nenhuma outra consegue competir arruinando assim qualquer disputa justa entre as equipas. E da mesma forma que assistimos a isto no desporto, assistimos na sociedade, onde o dinheiro corrompe e acaba com qualquer concorrência possível.
É um filme impressionante e com um final inesperado. Aconselho... Vale a pena!


Classificação: 4 em 5.
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page