25.6.12

Project X - Mini-Crítica

Este é o filme considerado por muitos com o filho da saga "The Hangover". Nima Nourizadeh incia-se agora neste mundo da realização, mas nem por isso se mostra trémulo ao encarar este desafio e até que o resultado é um narrativa bem credível, sem rodeios e que entretém.
"Project X" conta a história de um grupo de amigos com graves problemas socias na escola e que resolvem mudar essa história no dia em que Thomas (Thomas Man) faz anos. O seu amigo Costa (Oliver Cooper) sugere o que seria a maior festa que a urbanização de Pasadena alguma vez veria e assim tornarem-se os miúdos mais "cool's" do colégio. Certo que a festa iria ser recusada por muitos e não querendo correr o risco de ninguém aparecer, Costa resolve divulgar a festa de todas as formas possíveis e imaginarias até que toda a escola e "amigo do amigo" aparecem e a festa perde o controlo total.
Apesar de "Project X" cumprir com o seu papel primordial - entreter o espectador - e proporcionar momentos hilariantes, nem só de ouro é feito este filme e o principal problema é mesmo o facto do filme não trazer nada de novo e surgir com uma especie de mix de "liquidificador" de "The Hangover" e "American Pie". Além disso, o uso excessivo de calão com o intuito de arrancar algumas gargalhadas da plateia (suponho eu) vulgariza bastante este projecto, bem como o uso do chamado "humor físico". Facto é que durante o filme só pensamos "meu.. eu nunca fui a uma festa destas..."...=D. O uso de uma personagem (Dax) para gravar o filme foi uma ideia de gênio e acredito que seja mesmo o ponto mais alto do filme já que cria uma atmosfera bem mais catastrófica, acidental e de balburdia, mas ao mesmo tempo mais fresca.
Em suma, acho um bom filme para entreter e terminar um dia tenso.


Classificação: 3.5 em 5
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page