5.7.12

Subsídios recuperados

Estas minhas reflexões políticas ou são a toda a hora ou passo meses sem as fazer; mas hoje vi mais uma notícia daquelas "boas": o Tribunal Constitucional português declarou inconstitucional os cortes nos subsídios de férias e de natal, declarado pelo governo, para funcionários públicos (e para os privados que o quisessem fazer). Assim, a partir do próximo ano o governo retomará o pagamento desses subsídios. Boa notícia? Até seria se horas depois o "Sor Passos Coelho" ter declarado que iria tomar medidas para recuperar esse dinheiro. Agora vamos lá pensar, não vos parece uma tremenda coincidência o TC (tribunal constitucional) ter declarado só agora essa medida "fora da lei"? Parece-me a mim que o governo não conseguiu recuperar tanto dinheiro como pensava com esta medida.. Assim, é fácil dar ordens para que essa medida seja retirada (sim, porque o primeiro ministro não pode perder a postura intransigente né?) e com isso ir buscar ao bolso de TODOS os portugueses, porque tal como ele declarou a medida visará todos os portugueses a fim de respeitar a igualdade. Ora, vamos fazer contas... Retirar o subsidio de férias aos funcionários públicos represente um lucro estatal de X quantia, certo? Mas e se em vez disso aumentarmos, por exemplo, a percentagem de desconto para uns 15%? Medida essa que não seria inconstitucional e atingiria todos os portugueses... Iremos recuperar talvez uns 3xX... Grande medida ah?


Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page