22.10.12

Bases e Corretivos - Como escolher

Algum tempo atrás fiz um post sobre o batom vermelho ideal para cada tom de pele (aqui). No entanto, de que adianta usar um batom "arrasador" se a pele não estiver devidamente tratada e maquiada? Nada, né? Pois é... E a pensar nisso mesmo resolvi fazer um post sobre as bases ideais e a função de cada tom de corretivo. Sei que existe uma infinidade de dúvidas sobre o assunto e, com a extensa pesquisa que fiz para juntar todas estas dicas, apercebi-me que este mundo das "makes" é infinitamente grande...



Para ver as dicas clique em "Ler Mais"



Antes de iniciar qualquer maquiagem, é essencial a limpeza da pele. Lavem bem a cara com um sabonete de Ph neutro e usem o hidratante da vossa preferência.

Feito isto, está na hora de aplicar o corretivo (saltei a pré-base porque eu não uso).
O objectivo do corretivo é tapar as imperfeições, como espinhas, sinais, manchas, cicatrizes, olheiras... e todas essas coisinhas indesejáveis (mas quem não sofre desse mal?).



Aplicado o corretivo, está na hora da base. Ao contrário do que muita gente pensa, a função da base não é cobrir imperfeições nem bronzear, mas sim, uniformizar o VOSSO tom de pele. Ou seja, a base sozinha de nada serve, e o corretivo é imprescindível para o resultado porcelana. Usar um tom de base que não é o ideal para cada pele pode tornar-se mais desastroso do que sair a rua com a pele limpa. Então, aqui ficam as dicas para escolherem o tom de base ideal para a vossa pele (=D):


Para finalizar, é só usar o pó compacto, que não tem muito por onde escolher. A sua função é fixar a base, bronzear, ajustar traços do rosto e evitar o brilho (zona T). A escolha do pó compacto é de acordo com a finalidade. Eu, por exemplo, tenho um de tom mais escuro que a minha pele (afinar o rosto na linha inferior as maças do rosto) e um do meu tom de pele para fixar a base e reduzir o brilho.

Além destas dicas para a escolha do corretivo e base ideal, é preciso ter em atenção a escolha da marca. Não estou a dizer que marcas baratas não sejam boas (eu já usei desde "chinês" a Lancôme) mas é preciso conhecerem bem os produtos, a composição e a durabilidade e assim evitar alergias, doenças ou até mesmo o "efeito fantasminha" (post aqui).

Espero que tenham gostado das dicas. 
XO


Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page