14.6.13

Os 20 centavos que se tornaram causa mundial

Eu sei que este é um blog de moda e beleza, e maioria das pessoas que o seguem me visitam por isso mesmo, mas a verdade é que não é por gostarmos de beleza e moda que devemos ser rotuladas de fúteis e não nos devamos preocupar com causas que acabam por afetar toda a sociedade! Esta é uma causa que atinge não só São Paulo e Rio de Janeiro, nem o Brasil, mas o mundo todo!

Eu explico...

No inicio deste mês as passagens de ônibus, trem e metrô passaram de 3,00$R (que já é um preço absurdo) para 3,20$R. Milhares de manifestantes saíram as ruas de São Paulo e Rio de Janeiro, contra esse aumento, e se as coisas pelo Rio de Janeiro já amenizaram (já que o governo cedeu e suspendeu o aumento) por São Paulo a luta continua armada a ferro e fogo e o governo recusa recuar, e com isto, ontem juntaram-se mais de 5000 manifestantes na Av. Paulista, um dos pontos mais mediáticos da cidade.


A verdade é que, o que começou como uma luta e manifestação contra o aumento das passagens, depressa se tornou numa causa política e de clara opressão e ditadura por parte governamental.

Enquanto os manifestante lutam de forma pacífica, em marcha pela cidade (centro e Av. Paulista) (apesar de um ou outro provavelmente ter excedido os limites - no calor da emoção sempre tem algum que explode, né?) a Polícia Militar entra em ação e, como é habitual por aqui, resolve dispersar os manifestantes com bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha, gás pimenta, e claro, agressões físicas com os seus cassetetes.

Mas o mais grave de tudo isto, além da agressão aos manifestantes por parte dos PM claro, é a posição da mídia em relação a tudo isto. Ou seja, os manifestantes são os vândalos e bandidos e a PM é a vítima (sempre a mesma lenga-lenga). Diversos veículos da grande mídia falam sobre o evento e referem-se às pessoas como “vândalos” e “baderneiros”. A TV e os jornais somente mostram cenas nas quais os cidadãos estão alterados, mas escondem as cenas de violência por parte da PM.

Em baixo seguem algumas imagens que têm surgido nas redes socias (que antigamente só servia para falar mentiras mas que hoje revelam as verdades) e de alguns jornalistas sérios que ainda tentam valer os valores o jornalismo. Vejam o outro lado dos fatos:

Policial dispersa jornalista, com gás pimenta, que tentava filmar a agressão a um colega:


Fotógrafo atingido por uma bala de borrachas e cujas probabilidades de recuperar a visão são mínimas:


Os manifestantes revelando a sua intenção pacificadora, que os PMs se recusam a aceitar:


Vídeo mostrando um policial quebrando a própria viatura para culpar os manifestantes:


Policia ataca manifestantes que apenas gritam "Sem Violência":


Mais um vídeo aqui de um policial "robot" que agride manifestantes com gás pimenta.

Lembram-se do acontecido na USP a um ano atrás (aproximadamente) (relembra aquiaqui e  aqui)? Pois é, eu não consigo deixar de comparar as duas situações.

A Polícia Militar é treinada para colocar ordem em tudo o que eles consideram como certo,  ou seja todo o mundo tem que ser cordeiro e capacho de alguém, que por sua vez não dá o direito ao povo para uma luta justa e pacificadora. Isto, minha gente, se chama fascismo!

Enquanto muitas pessoas desprezam o valor da luta, eu acho nobre. Tratar 20 centavos como algo que já não importa, porque o problema agora passou bem mais além disso, é ofender que ganha o salário mínimo numa cidade como São Paulo. Eu ganho mais do que, talvez uns 40% dos brasileiros, e não tenho filhos nem tão pouco dependentes de mim, e digo-vos que mal consigo juntar uma graninha para umas férias, que todo o ser humano merece. É ridículo pagar 3,20$R por uma viagem num ônibus lotado, debaixo de 30ºC, sem ar condicionado quando, nestas condições o governo deveria até pagar que tem coragem de encarar o transporte público (como eu). Falamos de condições de viagem assim:

Trem e metrô:


Ônibus:


E esta situação é encarada diariamente por pessoas que dependem dos trasnportes publicos para trabalhar. Pessoas que acordam às 5h da manhã para entrar no serviço às 8h (porque o trânsito é caótico) e saem do trabalho as 18h e chegam em casa já as 21h (falando de 30km de distância) porque uma vez mais o trânsito atrapalha a vida! Lembro, tudo isto pagando 3,20$R... É UM ABSURDO...

Se eu acho que uma luta deva ser levada com violência? Não, não acho! Mas também não acho que os guerreiros de plantão devam ser tratados que nem vagabundos e bandidos pela PM e simplesmente aceitar a sua posição inferior. Não sou a favor da violência, nem nunca serei, mas é hipocrisia dizer que "os manifestantes perdem a razão ao serem vândalos . Traduzindo, é o mesmo que pedir que os manifestantes "levem na boca e peçam por mais". 

Mas não é só aqui no Brasil que estas coisas acontecem! Basta tirar os exemplos da Grécia, de Portugal e mais recentemente na Turquia!

Grécia


Portugal


Túrquia


É por isso que esta causa se tornou mundial.

O povo precisa voltar a ter voz, o povo precisa voltar a erguer-se e mostrar que um estado, um governo, é formado pelo povo e não por alguém decretado por ele.

Se você é a favor desta causa e acha absurdo tudo o que está acontecendo partilhe este post, partilhe fotos e faça conhecer a causa!

XO
*Nazaré*


Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page