7.11.13

Como não se arrepender de uma compra

Com um mercado fácil e acessível como o de hoje em dia, é fácil cometermos pequenas loucuras no que toca a compras para o nosso guarda-roupa.
São preços acessíveis (em alguns casos), são tendências a pipocar todos os dias, são blogueiras a mostrar uma infinidade de achados, e o e-commerce, que veio facilitar em muito o contacto do consumidor com o produto. No meio de toda esta "parafernalha" de opções, fica difícil um mulher resistir ao seu DNA consumista (sim porque eu acredito que isto de compras faça parte do DNA de qualquer mulher)...=D

Se por um lado, muitas das coisas que citei acima, são positivas, por outro torna-se muito fácil gastarmos dinheiro desnecessário e acabar por aumentar o número de monos dentro do nosso closet! Resultado? "Para que é que eu comprei isto...!?"... Quantas de vocês já não proferiram esta frase enquanto arrumavam o closet...? Pois é meninas, a pensar nisso trago-vos hoje um  pequeno guia de 10 regras (ou pensamentos a ter) para que você não se arrependa de mais nenhuma compra que fizer...=D

Vamos lá...



1) Compro a peça porque está em promoção/barata? Primeiro, repare bem se o motivo pelo qual a peça entrou em promoção é porque está com defeito (isso é bem comum, viu?). Peças em promoção SÓ são bom negócio quando se tratam de peça intemporais, caso contrário, deixe a peça lá mesmo... Não adianta você comprar um "it" de verão quando o inverno já está começando, né? Mesmo porque o mais provável é "estar fora de moda" no verão seguinte.

2) Você veste um M e só tem um S na loja... Esta é um apegadinha bem comum...kkkk... comprar uma peça de roupa pensando: "Ah... Com essa dieta que eu tô fazendo, logo logo vai caber direitinho..." é a maior furada de todas. Mesmo que seu plano dê certo, e você emagreça, como saber se a peça vai cair bem em você depois disso? Então, leve seu tamanho se houver, senão guarde o dinheiro e aposte em outra coisa... O shopping é um mundo de oportunidades...kkkk

3) Eu me sinto confortável vestindo? Neste tópico valem duas coisas... a) muitas vezes saem novas trends no "mercado" que você acha fantásticas, mas nem sempre combina com você! Por exemplo: se você tem um estilo romântico, dificilmente você se vai sentir bem usando coturno; ou se o seu estilo é mais descolado, a estampa floral é arriscada. Acima de tudo, você tem que se sentir bem usando uma determinada roupa, caso contrário nem adianta você usar, mesmo sendo "in"; b) você se apaixona por um sapato, mas ele magoa o seu pé (mas você acredita que com o uso ele irá se ajustar): NÃO COMPRE... Você nunca irá ter coragem para encarar um dia calçando ele e sempre arrumará desculpa para não usar (normalmente é a velha "hoje vou caminhar muito, não vou arriscar a usar!").

4) Vou levar só por que a marca tem nome? Se uma peça de grife está acessível ao seu bolso de "pobre" então é roubada...kkkkk.... Marca cara, e de qualidade, nunca é acessível a um bolso comum (sem no minimo você se endividar)! Só há duas opções: ou é imitação ou, simplesmente, tem alguma coisa muito errada com ela...=D Você não precisa de grife para ser fashion! É tudo uma questão de bom gosto!

5) Eu tenho combinações no meu closet para esta peça? Se não tiver, não compre. Isto de ir às compras têm uma certa logística. Se você comprar uma peça e não tiver nada que combine com ela (ou se tiver apenas um look possível) vai obrigar você, ou a investir em outras peças além dessa (e gastar mais), ou você vai deixar ela largada no seu closet até conseguir combiná-la com algo. Até lá, você já cansou de olhar para ela no seu guarda roupa e, acredita, é possível você se cansar de uma peça sem nunca ter usado...kkkk

8) Terei ocasião para usar? Isto é um pensamento bem comum em relação a vestidos (principalmente). Você acha ele lindo, acha um bom negócio, mas depois não tem ocasião para usá-lo! E aí...? O que você vai fazer com ele depois? Ou engorda, ou passa de moda, ou cansou de olhar para ele e o investimento foi desnecessário. Exemplo prático: lembram-se de eu ter falado na coleção da PatBo para a C&A (vai chegar as lojas no dia 19 deste mês)? Pois é, não se fala em outra coisa nesse mundo cibernauta, e depois de eu conferir algumas peças, fiquei com vontade de ter algumas mas, na verdade, quando eu iria ter a chance de usar um vestido desses? Já desisti...kkk...

9) Se eu cortar nas despesas eu posso levar... Sem chance de resultar. Você vai no cinema, você vai jantar fora, sua máquina de lavar quebra e você ficará pobre... Compre se poder pagar. SÓ...

10) Eu amo esta peça com todo o meu coração. Olhar para um peça e pensar que não vai conseguir viver sem ela é um pensamento bem comum de se ter em uma tarde de shopping. Se você tem esse sentimento em relação a alguma peça, pense em todas as regras acima (principalmente regra 2, 3, 5 e 8). Se mesmo pensando racionalmente você quer, então leva. Se depois de você questionar as regras anteriores ficou com dúvidas, então deixe na loja: é porque você não amava tanto assim....kkkk

Se você tiver em mente este tópicos na hora de fazer suas compras, nunca mais você terá um "mono" no seu closet!...=D Espero que tenha curtido o post e deixem comentários em baixo...

E que tal meninas? Esqueci alguma regrinha?

XO
*Nazaré*

(adaptado de Who What Wear)

Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page