10.2.14

Reflexão - O caso do advogado ironizado por usar regata

Não sei se vocês já souberam desta história e do "bafafa" que tá rolando por causa de um comentário de uma professora relativo a um modelito que um advogado usou no aeroporto Santos Dumond no Rio de Janeiro.

Eu conto a história para vocês...

Marcelo Santos, advogado mineiro, tomava um café (ou refir - sei lá) no aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro, onde esperava pelo hora de embarca para o seu voo de regresso a BH. Rosa Marina Meyer, docente no departamento de letras da PUC, no RJ, resolveu tirar uma foto do tal advogado e postar no seu Facebook com o seguinte comentário: Aeroporto ou Rodoviária?. Depois de mais de 11.300 compartilhamentos (entre quinta-feira e manhã desta segunda-feira), a brincadeira chegou aos ouvidos do advogado, que obviamente não curtiu ver-se no centro desta polêmica, já que enquanto muitos apoiaram a professora, outros acharam o comentário preconceituoso e impróprio vindo de uma educadora.


Marcelo já publicou um desabafo na página da sua rede social:

"Boa tarde. Gostaria de agradecer as mensagens calorosas dos amigos, neste momento. Na oportunidade, informo que estava chegando de viagem de um cruzeiro internacional e tinha conhecimento do calor que estava no Rio de Janeiro, ocasião em que estava com trajes casuais. Ademais, por estar de férias, no Rio de Janeiro, não tinha por que estar usando terno e gravata apenas para usar um meio de transporte. Informo, também, que os comentários infelizes das pessoas na página do Facebook já estão sendo alvo de análise pelos meus colegas do escritório e, certamente, serão tomadas as medidas legais. É lamentável perceber que isso partiu de pessoas ligadas à educação de nosso país. Com efeito, apenas vem descortinar o preconceito existente por muitas pessoas que se julgam melhores apenas por questão de aparência."

Eu resolvi contar a história aqui porque muitas vezes eu tenho medo que meu blog seja mal interpretado. Eu gosto de moda, gosto de me vestir bem, confesso que comento muitas vezes "modelitos" que acabo vendo na rua, mas uma crítica saudável e que faz parte do ser humano (afinal é esse criticismo que nos distingue dos animais, né?) mas daí a comentar no Facebook de forma pública, expor uma pessoa ao ridículo (como foi nesse caso) é um outro nível de criticismo, que eu acho repugnante e condeno, condeno muito.

É preciso impor limites quanto a importância da aparência no dia-a-dia, no seu ego, na sua vida, e na sua personalidade. Não é certo, nem justo, condenar uma pessoa por melhor ou pior só porque ela usa uma Chanel, ou uma sacola de mercado para guardar seus pertences. E é por isso que muitas vezes blogueiras de moda e fashionismo são consideradas fúteis, e por uma acabam pagando todas as outras meninas. Vamos consumir e criticar de forma saudável, tá meninas..?=D


O que vocês acharam desta história?

Acharam isso tão absurdo como eu?

XO
*Nazaré*




Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page