29.3.14

Casa Mathilde - Doçaria Portuguesa com Certeza

O post de hoje é para lá de especial... Não faz muito tempo que um amigo meu me falou dessa casa, que descobriu enquanto passeava pelo centrão de São Paulo. Assim que ele me falou do espaço, e eu provei o docinho que carinhosamente ele comprou para mim, fiquei apaixonada. Precisava conhecer o quanto antes...=D

Fui deixando o tempo passar e hoje, como o maridão queria visitar a galeria do rock, estávamos sem pão para o café da manhã cá em casa, resolvemos ir diretos até lá e começar o "sabadão" com a melhor alimentação possível, a doçaria portuguesa...kkkk

Gente do céu... Você não imaginam o quão gostoso é aquele lugar! Bem localizado, lugar lindo, decoração maravilhosa, espaçoso e com todos os doces "tugas" que vocês possam imaginar... Sendo o doce tradicional, e aquele que requer mais cuidado na hora da confecção, pedimos o Pastel de Belém (ou pastel de nata). Fica a dica: você só descobre se a pastelaria é gostosa se o pastel de belém for bom, precisamente porque muito poucos pasteleiros conseguem fazê-lo com perfeição. Pedimos o também tradicional café Segafredo (que apesar de italiano, é também popular em terras lusas).

O Carlos prefere o pastel mais branco, já eu curto ele com a capinha mais tostada, então os pasteleiros têm até esse cuidado, de ter o pastel ideal para cada cliente.


O espaço é bem detalhado, sempre com alusão ao que Portugal tem de melhor e mais típico: limpeza, cuidado, atendimento simpático, e até os guardanapos tem a estampagem da casa...=D (assim como as embalagens, para o caso de você quiser se encher de açúcar em casa e sem culpa alheia...kkkk)


O pastel estava maravilhosamente bem preparado! É, sem dúvida, o lugar para você provar o original  pastel de belém português. Massa folhada bem crocante, doce na medida certa, sem gosto de gema de ovo e com o toque bem leve de canela, necessário e obrigatório neste doce.



Peguei algumas fotos espalhadas pelas internet do espaço, porque eu estava tão focada no meu banquete que até esqueci...kkkkk Olha só como tudo é super lindo e cuidado!


O espaço tem várias fotos alusivas a Portugal! Você se sentem em casa, no meu caso como portuguesa, precisamente por isso! Por 40 minutos eu senti que estava na padaria da esquina, lá na minha cidade...kkkk


difícil é você escolher o doce que irá comer, no meio de tantas tentações! Travesseiros, salame de chocolate, tortinha de laranja e chocolate, pastel de belém e queijada de Sintra, suspiro e bola de berlim... São muitas opções cheias de requinte, e açúcar...kkkk... Mas se você é mais de salgados, a casa Mathilde também dá algumas opções: empadas de frango, de camarão, folhados de espinafres ou mistos... Enfim, não tem como você não sair feliz, e mais gorda/o, daquele lugar...=D


Sentada nos sofás do salão, você pode ainda assistir aos chefes montando os pasteis, colocando e tirando as maravilhas do forno. É muito legal porque você vê que realmente as coisas são feitas com muito cuidado, higiene e atenção. Assim você sente confiança, né?




 A fachada da Casa Mathilde


Vale muito a pena você visitar este pedacinho de céu no centrão de São Paulo. Os preço são meio salgadinhos, mas super pagável. A gente pediu 2 cafés, 2 pasteis de belém e 1 suco de laranja natural (delicia) e pagamos R$23 no total. Então acho que não é tão caro assim comparando com outras casas de São Paulo. E certamente/garantidamente, vale pelo prazer... Você vai querer voltar..kkkk

Onde: Praça Antônio Prado (fica bem na frente da pracinha junto à torre do Banespa, não tem erro);
Quando: seg. a sex. das 9h00 às 19h30 e sáb. das 9h00 às 16h00 (domingo fecha);
Quanto: em torno de R$15 por pessoa (por lanchinho)
Saiba mais: Casa Mathilde

Visitem que vale cada centavo!
Não tem como não amar...

Quem desse lado já conhecia a Casa Mathilde?

XO
*Nazaré*




Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page