21.4.14

Bolsas de Grife - "Fake", Réplicas e originais acessíveis...

Hoje trago um assunto bem polêmico aqui para o blog! Depois do sucesso do "Blogueiras vs Seguidoras"  (se você não leu, leia aqui) resolvi trazer mais uma reflexão aqui para o blog!

Lembro a todas as leitoras que a minha intenção não é críticar nem defender opiniões, simplesmente venho partilhar com você os meus devaneios pelo mundo da internê...=D

Ontem dei de caras com um assunto bem polêmico e resolvi pesquisar bem fundo no assunto para trazer um post o mais completo possível aqui para o blog! Questão: aparentemente as blogueiras e "it girls" têm sido questionadas nas redes sociais quanto à originalidade de bolsas e sapatos das mesmas. São bolsas Chanel amarela, azul, rosa e branca e várias Givenchy Antigona ou Prada. São "Lábótan" nude, pretos e vermelhos ou Valentino "Rockstud" também nas cores mais variadas. Gente, ou blogueira está ganhando muito (mais do que até deveria) ou está comprando falso/réplica!!! Este é o argumento que vai rodando por aí...

Como eu falei acima, resolvi procurar pelo assunto bem a fundo e descobri coisas que me chocaram. Partilho agora com vocês:

1) Existe um mercado ultra negro de bolsas de grifes originais. As "vendedoras" são muitas vezes até essas "it girls" que aproveitam para se conectar com outras "it girls" e fazer o negócio... Tudo por baixo do pano! Segundo elas as bolsas são originais, mas têm pequenos defeitos. Todo o mundo sabe que as grandes grifes, como Chanel (exemplo), não vendem produtos com pequenos defeitos nem têm outlet, e que todas as bolsas defeituosas são separadas para serem destruídas (queimadas na grande maioria). Esse é o argumento que as meninas que defendem o uso de réplicas pelas blogueiras usam, para comprovar que elas estão usando "gato por lebre". Pois é, mas será que não tem como desviar essas bolsas antes de elas serem destruídas??? Atenção: Não estou falando que elas são desviadas, mas que podem, podem... Afinal, essa seria uma boa forma de chegar a um mercado menos seletivo (de verdadeiras celebs) e uma oportunidade de ainda assim fazerem uma boa grana...kkkkk... Porque jogar fora se pode ganhar mais??? Aqui entra outra questão, será que as marcas estão cientes destes desvios e fecham os olhos (assumindo que eles realmente existem) ou se os próprios funcionários, responsáveis pela destruição, o fazem???

2) A questão das réplicas. Por definição, réplica de um determinado produto é uma reprodução autorizada pela marca, muitas vezes a própria marca o faz, de um produto de modelo antigo por exemplo. No entanto, existem algumas lojas/marcas que são autorizadas a fazerem réplicas e não necessariamente a bolsa é falsa. Muitas delas têm até número de série, mas o que acontece é que os produtos podem ser fabricados com couro cujo tom é ligeiramente mais claro ou escuro que o original, ser costurada em máquina (em vez de mão) ou não ter banho de ouro nos detalhes (como fechos e correntes)... Todos estes tópicos vão, automaticamente, embaratecer a bolsa, né? Existem alguns rumores, mas não consegui confirmar a veracidade, que alguns sites como Farfetch, Luisaviaroma, bgo&me vendem réplicas autorizadas (que são aquelas que acabam entrando em desconto). Agora, existe um pequeno problema no mau uso da palavra réplica, que muitos sites de falsificações insistem é usar e, nesses casos, não se deixe enganar. Vamos a uma pequena aula de português:

Imitação = Falsa
(usa logo da marca original - pequenos detalhes são negligenciados)

"Inspired" = Inspirada
(é uma peça semelhante mas alterada em pequenos detalhes; não usa o logo da marca da qual se inspirou)

Réplica = Reprodução autorizada pela marca
(explicado acima - ponto 2)


Qual comprar: Existem milhares de bolsas do tipo da de cima (só para dar exemplo, tá?) bonitas e de outras marcas... Se você quer essa é porque a marca faz diferença para você, então e deixando falsos moralismos de parte,  as imitações são as mais pedidas...kkkk.... Sim, a gente nem sabe a origem da mão de obra (mas a Zara todo mundo compra e não é segredo para ninguém que ela usa mão de obra escrava na confecção)... As bolsas "inspired" são aquelas que eu menos apoio a compra... Na verdade, ela está se aproveitando do desenho da original e cobrando caro (para o material de que é feita) só porque sabe que vai vender (quando cobra caro, atenção)! Por exemplo, essa "inspired" aí em cima está à venda por R$150 (aqui). Sinceramente, pelo material, e aspeto, acho que não vale nem R$50...kkkk... Tem tanta bolsa bonita e de bom material (couro) por esse preço (por exemplo a Parfois).

Se você não tem problemas em comprar uma falsificação vá fundo, mas nunca tente enganar dizendo que é verdadeira, porque sempre tem alguém que entende do assunto e vai detonar você... Se você vai se arriscar em uma falsificação (e não réplica) tenha a certeza que você investe no modelo e acabamentos certos (tem muita coisa boa nesse mercado paralelo, mas tem muita coisa vagabunda, até porque, mesmo sendo falsificação continua sendo cara).

E antes que todo o mundo caia em cima de mim, deixo o recado: você não baixa música, não compra (ou baixa) filme pirata, não compra perfuminho do "xingling"... Todo o mundo, de uma forma ou de outra, (muitas vezes até sem saber, tipo comprando make pelo ebay) já contribui para esse mercado negro! Com isto não quero defender quem o faça, ou condenar quem não o faça! VAI DA PESSOA MESMO! Afinal, quem sou eu, ou você, para condenar como alguém gasta o seu próprio "dimdim"...

3) As grifes ao alcance do nosso bolso. Se você dá tanta importância por desfilar com modelos grifados, mas não tem grana para as Chanel ou Prada, (tem algumas que nem dividindo em 10 vezes no cartão), saiba que tem boas marcas, e igualmente de grife, bem mais acessíveis. Michael Kors, Marc by Marc Jacobs, Coach, Tory Burch e até Furla, são exemplos disso mesmo, com precinhos bem amigos... Não tem porque você se endividar só para ter uma bolsa de grife. Olha só:


E NO FINAL, O MEU VOTO VAI PARA ESTA OPÇÃO...=D
Bolsa bonita, de qualidade, com renome e com preço acessível.

Não se endivida para comprar uma bolsa igual a de aquela blogueira ou "it girl"... (até porque aparentemente nem elas compram as originais...kkkkk)... Gaste a sua grana bem, mas com consciência! Tem tanta coisa gostosa para você aplicar melhor o dinheiro, como viajar por exemplo. No final, seja autêntica!

E aí, meninas? Curtiram a reflexão...?

Deixe seu comentário com sugestões ou expresse seu ponto de vista...=D

Eu vou amar saber o que você desse lado acha deste assunto!

XO
*Nazaré*


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Bom, Nazaré, gostaria de saber o site onde encontro réplicas de bolsas de Griff pois pretendo revender. O meu e-mail: mariajosemjuv@gmail.com
    Fico aguardando a tua resposta Nazaré.

    ResponderEliminar
  2. Olá sou jornalista da,TV Record estou precisando se alguém especialista em bolsas aguardo

    ResponderEliminar

Comenta aí que eu vou amar saber que você está desse lado...=D

Fan Page